Mulher acorda em cova após namorado atacá-la e pensar que tivesse lhe matado apenas cinco dias após pedi-la em casamento


 

Uma mulher que aceitou se casar com seu namorado, um ex-detento, acordou em uma cova rasa após ter sido estrangulada e abandonada no local pelo companheiro.

Keith Hughes, de 39 anos de idade, de Swansea, Reino Unido, foi considerado culpado de tentar assassinar Stacey Gwilym, de 34 anos.

Depois de cometer o ato violento, ele tentou esconder a vítima em uma cova, acreditando que ela estava morta, mas a mulher estava apenas inconsciente. Quando acordou, a jovem estava coberta por galhos e folhas de samambaias.

Antes de cometer o crime, que aconteceu em 2013, ele foi preso por ter cometido três ataques contra a namorada e outro sem ligação à ela.

Mulher acorda em cova após namorado atacá-la e pensar que tivesse lhe matado

Stacey Gwilym, de 34 anos, aceitou se casar com seu namorado, Keith Hughes, um ex-detento, e acordou em uma cova rasa após ter sido estrangulada por ele.

Após sair da cadeia, Stacey aceitou se casar com ele. Cinco dias depois, eles partiram para uma caminhada e quando voltavam começaram a discutir.


141

Keith contou ter sido acusado de roubar dinheiro da companheira, e mesmo que a alegação fosse falsa, poderia voltar para a prisão. Foi aí que ele cometeu o crime.

Depois de ter percebido o que havia feito, segundo ele sem intenção, o homem tentou esconder o corpo. Ele bebeu vodca, saiu de carro, bateu com o veículo e foi preso pela polícia.

“Eu gostaria de poder voltar o relógio. Lamento o que fiz naquele dia”, disse ele, lembrando-se do estrangulamento.

143

Depois de preso Keith disse aos policiais que nunca veria a moça novamente, mas ficou surpreso ao saber que ela ainda estava viva. Ele contou que desejou se casar com Stacey para fazê-la feliz, mas que verdadeiramente não queria.

Agora ele pode ser condenado e pegar prisão perpétua.

144


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!