Manchas escuras entre as coxas: elimine definitivamente com dicas de dermatologista


Você possui manchas roxas nas coxas, se sente mal com o aspecto dessas marcas e sonha conseguir eliminá-las de vez? Para ajudar a entender a causa desse problema tão comum em mulheres gordinhas e descobrir como tratar, conversamos com o dermatologista Dr. Abdo Salomão, que explica tim-tim por tim-tim.

Causas para o escurecimento das coxas

Existem duas causas principais para essas marcas indesejáveis: manchas por atrito ou por genética. O primeiro motivo é mais comum entre mulheres gordinhas ou com coxas muito grossas, que costumam roçar uma na outra e, com isso, surgem os roxos entre as pernas. Já o segundo caso pode acontecer por uma condição chamada papilomatose. “Nada mais é do que o engrossamento da pele, particularmente de uma camada chamada granulosa, que torna a pele espessa e escura. Este escurecimento pode ocorrer em qualquer idade, porém mais comum após a segunda década de vida”, explica o médico.

Embora mais difícil de acontecer, algumas peças de roupa também podem escurecer a pele. Isso acontece com aquelas que causam irritação, como as de tecido sintético ou derivados do petróleo. Essa irritação se torna crônica e, consequentemente, faz aparecer as manchas nas coxas.

Como tirar as manchas?

É essencial procurar pela orientação de um especialista que possa identificar a causa do problema. Caso o problema seja por uma irritação provocada por contato, é possível suavizar as marcas com cremes antialérgicos e tópicos. No caso de uma tendência genética, ainda assim é possívelclarear as manchas das coxas. “Substâncias à base de ácido kógico, fítico e Vitamina C apresentam resultados interessantes. Não há contra indicações, salvo de o cliente tiver alergia a um dos componentes da fórmula”.

Também existem tratamentos estéticos que podem ajudar, como o laser de Co2 para casos de origem genética e os peelings para as manchas causadas pelo atrito. De acordo com o Dr. Salomão, a aplicação de um procedimento chamado skinboosters melhora ambos os casos.

“Mas não há nenhuma receita caseira que possa ajudar. Apenas uma mudança de hábitos. Deixar de usar tecidos que irritam a pele, calças apertadas, não esfregar muito as regiões acometidas e procurar orientação de um especialista”.


Elas podem voltar?

A volta das marcas depois de eliminá-las é sempre possível, principalmente nos casos genéticos. Para evitar que isso aconteça, é imprescindível seguir as dicas do profissional:

  • Evitar calças muito justas e apertadas
  • Dar preferência para roupas de algodão e evitar sintéticos, principalmente os que soltam tinta
  • No banho não esfregar muito o local, apenas lavar com água e sabonete
  • Usar cremes hidratantes de rotina


Avalie este Artigo?


Mais pra voce!