Mãe grita e se recusa a ficar com o bebê ao ver o seu rosto, Veja...


 

O pequeno Adam nasceu com sérias dificuldades. Suas pernas estavam grudadas, não tinha nariz nem mãos. Mesmo assim, seus órgãos internos estavam funcionando normalmente.

A mãe do garoto, ao vê-lo após o nascimento, gritou e se recusou a aceitar o menino. Ele foi renegado na frente dos médicos.

“Não queremos levar o bebê para casa. Seria vergonhoso se levássemos”, disse a família da criança.

large_7_photostory

A enfermeira Jessica pegou o pequeno e o abraçou fortemente naquele instante, dando uma verdadeira lição de amor e carinho que faltava àquela mãe.

large_Screen-Shot-2016-05-18-at-3.59.40-PM

Ela sabia que não poderia deixá-lo sozinho apenas pelo fato de sua aparência não seguir os padrões impostos pelo mundo.


large_2_photostory

Ela e seu marido, Raja Paulraj, que é médico, resolveram acolher Adam e dar todo o amor que faltava.

large_met_2BabyAdamUpdate0_0

Adam sempre terá dificuldades físicas e para a sociedade nunca será considerado normal. Em compensação, o amor de seus pais adotivos estará sempre intacto.

“Ele é perfeito? Sim, ele é perfeito. Alguma vez ele será normal para os olhos do mundo? Nunca”, disse os pais. Mas, para eles, o que os outros pensam é o que menos importa.

(put in 061413) Jessica and Raja Paulraj with their sons Adam, 20 months old and Elliot, 8 months old. The family lives in India, but are in the United States for Adam's surgeries. Provided by Paulraj family)

(put in 061413) Jessica and Raja Paulraj with their sons Adam, 20 months old and Elliot, 8 months old. The family lives in India, but are in the United States for Adam’s surgeries.

Provided by Paulraj family)


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!