Guia completo para EXTERMINAR manchas: da axila, coxas, calcanhar e mais


 

Bastante comum e igualmente incômodas, manchas escuras que aparecem em diferentes áreas do corpo muitas vezes fazem com que mulheres evitem certos tipos de roupas por vergonha e constrangimento. Elas podem ocorrer por diversas causas e merecem tratamentos específicos para cada região.

Então, em vez de esconder o seu corpo, conheça um guia completo para exterminar manchas da axila, virilha, coxas e mais:

Manchas escuras entre as coxas

Existem duas causas principais para essas manchas: por atrito ou por genética. O primeiro motivo é comum entre mulheres gordinhas ou com coxas muito grossas, que costumam roçar uma na outra e provocar as marcas entre as pernas. Já o segundo caso pode acontecer por uma condição chamada papilomatose, que é o engrossamento da pele, particularmente de uma camada chamada granulosa, que torna a pele espessa e escura.

No caso de irritação provocada por contato, é possível suavizar as manchas com cremes antialérgicos. No caso de uma tendência genética, podem ser usadas substâncias à base de ácido kógico, fítico e vitamina C.

Também existem tratamentos estéticos que podem ajudar, como o laser de Co2 para casos de origem genética e os peelings para as manchas causadas pelo atrito. Mas não há nenhuma receita caseira que possa ajudar, apenas mudanças de hábitos, como deixar de usar tecidos que irritam a pele, calças apertadas, não esfregar muito as regiões acometidas e procurar orientação de um especialista.

Mancha escura das axilas

Existem várias causas para o escurecimento da região e atrito da pele, alergias, irritações e depilação com lâmina ou cera estão entre os principais motivos. O protetor solar pode ser um grande aliado contra essas marcas, já que o sol piora ainda mais o aspecto. Usar um cosmético calmante após a depilação, caprichar na hidratação e evitar desodorantes com álcool também ajudam a proteger a região conta o escurecimento.

Desodorantes clareadores que reduzem a formação de melanina podem ser boas opções no tratamento de manchas nas axilas. Clareamentos com laser, peeling e utilização de ácidos clareadores costumam ser os mais eficazes contra o problema. Os procedimentos, no entanto, devem ser feitos apenas em clínicas especializadas e com indicação de seu dermatologista.

Manchas escuras no calcanhar

Essas marquinhas surgem por conta do atrito entre os pés e o sapato, que gera machucados e bolhas que evoluem para marcas escuras. Os sapatos apertados causam uma irritação local que atraem a melanina para a região. Além disso, pequenos vasos se estouram e pigmentam com a hemoglobina dos glóbulos vermelhos.


Se o calcanhar estiver machucado, evite usar novamente um sapato que gere atrito por pelo menos 45 dias. Durante esse período, opte por calçados mais larguinhos e que não entrem em contato direto com o local. Não aperte a região e nem mesmo esfregue muito forte durante o banho. Enquanto a marquinha não sumir, abandone a bucha.

Vale ainda fazer uso de um remédio cicatrizante para amenizar a marca, já que quanto mais tempo ficar aberta a ferida, maior a chance de manchar a pele. Para proteger a região, você precisará fazer curativos com produtos que deixam a pele mais úmida.

Procure por produtos à base de hidroquinona, ácido retinóico, ácido glicólico, vitamina C, Arbutin e ácido kógico. O ideal é aplicar à noite e remover pela manhã, porque eles são fotossensíveis. Se você quiser procurar por tratamentos estéticos para ajudar a eliminar as marcas, pode apostar em laser de érbium e luz intensa pulsada.

Manchas escuras no buço

A tendência genética e a cor da pele podem interferir no processo de escurecimento da região, por isso algumas mulheres têm mais facilidade em desenvolver essas manchas. Elas são mais frequentes nas peles mais escuras, que bronzeiam com facilidade, embora possa acometer também pessoas de pele clara.

O principal tratamento para manchas no buço é feito com o uso de substâncias despigmentantes aplicadas na pele. A associação dos clareadores com alguns tipos de ácidos geralmente aumenta a eficácia do clareamento. Peelings superficiais podem acelerar o processo, assim como tratamento com laser e cápsulas de fotoproteção oral e fitoterápicos, vendidas em farmácias.

Manchas na virilha

O sol pode piorar o aspecto do escurecimento, portanto, o uso de filtro solar é essencial para evitar o problema. Manter a região hidratada e tentar fazer uso de cosméticos com efeitos calmantes depois da depilação também ajudam a combater as marcas.

A técnica de depilação a laser é a mais indicada para quem sofre com o problema, já que o método ajuda a clarear a região de forma gradual. Evitar cosméticos com álcool e consultar um dermatologista para conhecer os melhores procedimentos para o seu tipo de pele são outras maneiras de se livrar do incômodo.

Manchas no bumbum

As bolinhas vermelhas que surgem no bumbum são denominadas foliculites e aparecem porque a região tem pouco contato com o sol. Além disso, deixa-lo o tempo todo em contato com tecidos pesados e apertados favorece esse problema, já que os poros ficam obstruídos e desenvolvem esse tipo de infecção.

Para evitar, o indicado é, sempre que possível, optar por roupas mais leves e calcinhas de algodão, além de apostar em um esfoliante corporal uma vez por semana. 


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!