Este homem passou repelente e foi para o mato. Momentos depois sua perna estava em chamas


Este é aquele erro que só se comete uma vez. E este homem quer alertar a todos para que nem esta primeira vez seja necessária.

A casa de Mark Machesky e sua família fica em uma pequena floresta em Ohio, nos Estados Unidos.

De tempos em tempos, ele cuida da floresta, removendo madeira morta e fazendo pequenas fogueiras.

Infelizmente, uma praga de mosquitos atingia o norte dos Estados Unidos neste ano, fazendo com que ele fosse para casa passar repelente. Mas no momento em que se reaproximou do fogo, ele se esqueceu de um pequeno detalhe que acabou se transformando em uma verdadeira catástrofe.

Mark mal chegou perto da fogueira, as chamas já começaram a consumir suas pernas. Ele saiu imediatamente correndo de volta em direção à casa para se salvar.


Ele conseguiu conter as chamas e um paramédico o levou ao hospital. As dores o atormentaram por semanas, algumas delas até mesmo por meses. Durante este tempo de recuperação, Mark decidiu que contaria sua história para outros, para com isso esclarecer o maior número possível de pessoas sobre os perigos de se usar repelente.

O motivo do acidente é bem simples: como a maioria dos repelentes disponíveis no mercado, o produto utilizado por Mark é inflamável. E, neste caso, o aviso sobre esse fato na estava bem visível. Mas Mark pensou, como muitas pessoas, que isso ocorreria apenas no momento em que o produto estava sendo aplicado.

Entretanto, este foi um perigoso engano! Os componentes inflamáveis (álcool, óleos essenciais etc) podem demorar várias horas para evaporar, o que faz todo sentido para um produto cuja o efeito seja duradouro. Portanto: muita atenção e cuidado na hora de utilizar esses produtos!

Você sabia que um repelente em spray pode ser tão perigoso? Compartilhe este aviso com todas as pessoas que você conhece!


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!