Duas garotas tiram fotos no banheiro. Mas o que o espelho mostra tem emocionado toda a internet!


 

 

Kamryn Renfro tem apenas 9 anos de idade, mas sua sabedoria vai muito além de seus poucos anos vividos. A garotinha de Grand Junction, Colorado (EUA), fez algo que poucos teriam a coragem de fazer.

Ela rapou todo seu cabelo como forma de mostrar apoio a sua amiga, Delany Campbell, que aos 11 anos foi diagnosticada com um câncer chamado neuroblastoma. Por causa da quimioterapia, ela perdeu todo seu cabelo por duas vezes durante todo o tratamento.

Delany ficou emocionada com a atitude da amiga. “Ela me fez me sentir especial e que não estou sozinha”, disse Delany. Kamryn não se arrependeu de sua decisão hora nenhuma. Pelo contrário, ela disse que se sentiu muito bem e que era a coisa certa a se fazer.


Seria de se esperar que todos aplaudiriam a atitude de Kamryn, pela sua solidariedade e lealdade. Mas não foi exatamente o que aconteceu. Quando Kamryn foi para a escola Caprock Academy, ela foi mandada de volta para casa. Os professores disseram a ela: “não volte enquanto seu cabelo não tiver crescido”. Essa escola tem uma política restrita em relação à aparência de seus alunos e lá é proibido ter o cabelo rapado. A mãe de Delany, Wendy Campbell, não pode acreditar na reação da escola. Indignada, ela compartilhou a história nas mídias sociais, que logo se tornou viral.

Após milhares de pessoas compartilharem a história, dando todo o apoio a Kamryn e abominando a reação do estabelecimento de ensino, eles resolveram voltar atrás e pediram desculpas com um pronunciamento. Parte dele dizia: “compaixão e atos altruístas de coragem devem ser elogiados e apoiados.”

Agora, Kamryn e Delany podem ficar despreocupadas e se preocuparem apenas em cuidar uma da outra.

Kamryn não teve dúvida alguma quando decidiu rapar sua cabeça para demonstrar apoio a sua melhor amiga. Ela mostrou o verdadeiro valor de uma amizade e lealdade. Que atitude maravilhosa!


Avalie este Artigo?


Mais pra voce!