Criança engole gotas de álcool gel e é internada: entenda como esse acidente pode acontecer na sua casa


 

Uma menina de seis anos foi internada nos Estados Unidos após engolir álcool gel.

Ao chegar ao hospital, ela tinha dificuldades para falar e não conseguia mais andar devido ao alto teor de álcool na corrente sanguínea, o que fez com que ela caísse e batesse a cabeça no chão.

Ela precisou ficar internada para que fosse avaliada pelos médicos, que se certificaram que não havia nenhum dano cerebral.

Segundo informações da emissora CNN, ela ingeriu algumas gotas do produto que era utilizado para higienizar as mãos e disse que tinha gosto de morango. Já a mãe da menina disse ter sido tudo muito assustador. "Poderia ter sido fatal", declarou.


O caso é mais comum do que se imagina. Há alguns meses, na Austrália, uma menina de dois anos foi internada pelo mesmo problema: intoxicação com álcool gel. A publicação The Medical Journal of Australia informou que ela estava em estado alterado de consciência e com um nível de álcool no sangue cinco vezes maior do que é permitido para adultos dirigirem no país.

Álcool gel faz mal?

Tanto na Austrália como nos Estados Unidos, o número de crianças menores de 12 anos internadas com problemas relacionados à ingestão de álcool gel é crescente. De acordo com o jornal, a maioria dos produtos desinfetantes para as mãos possuem cerca de 60% a 95% de álcool - teor maior que bebidas como vodka ou pinga, que têm cerca de 40%. Por isso, é preciso que os pais redobrem a atenção ao deixarem as crianças manusearem sozinhas o álcool gel. 

Até mesmo a 'inocente' atitude da criança ficar com embalagens de produtos nas mãos "brincando" enquanto a mãe a troca, pode ser perigosa. Em um instante a criança pode ingerir o produto ou mesmo ele pode vazar. Além disso, produtos com cheirinhos agradáveis (como foi o caso do álcool com fragrância de morango) podem "enganar" a criança. Outra preocupação relevante é nunca reutilizar embalagens como de refrigerante, por exemplo, para guardar produtos de limpeza: os riscos de um acidente são enormes.

 


Avalie este Artigo?


Mais pra voce!