Boatos falando sobre 'crianças de até 7 anos em coma' após vírus zika causam pânico


.

“O negócio da zika não 'tá' só afetando gestantes, não. Afeta crianças de até sete anos. Se a criança de até sete anos tiver a zika, ela fica com sequelas neurológicas graves. Inclusive tem muitas crianças chegando no hospital já em coma. E fica muito sequelado mesmo.”

A frase é dita por uma mulher em uma das mensagens em áudio que viralizaram no WhatsApp nos últimos dois dias em Pernambuco e chegaram a diversos Estados, provocando ansiedade em mães e gestantes em meio ao surto de microcefalia que atinge o país.

“Não posso divulgar a fonte porque a pessoa faz parte do grupo de pesquisa e está sendo proibida pelo governo de divulgar, mas é uma informação segura”, diz a mensagem.

Outro áudio, também narrado por uma mulher, diz que “se for confirmado que as crianças menores de sete anos também podem ter alterações neurológicas por causa da picada do zika, isso vai ser uma danação tão grande”.

“Vai ser uma praga do Egito porque ninguém pode evitar que as crianças sejam picadas por muriçoca [mosquito].”

Falando em nome da Secretaria de Saúde de Pernambuco, a médica Maria Angela Rocha, chefe do serviço de infectologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz — que tem recebido casos de microcefalia de todo o Estado e também atende crianças com infecções virais — nega o aumento de casos graves em crianças que sejam relacionados ao zika vírus.

“Não há nada disso. Estou no serviço de referência em Pernambuco e não estão chegando casos graves de zika em nenhuma faixa etária, muito menos casos de alterações neurológicas ou encefalite (inflamação no cérebro).”

As mensagens, no entanto, provocaram dúvidas sobre se o zika vírus também pode afetar, com consequências neurológicas sérias, recém-nascidos ou crianças. A médica esclarece, no entanto, que nada disso foi comprovado.


“O risco que o vírus zika tem de causar inflamações no cérebro é igual ao de qualquer vírus, mas eles geralmente causam isso em um percentual pequeno de pessoas, assim como a síndrome de Guillain-Barré.”

A síndrome de Guillain-Barré é uma doença neurológica rara que provoca fraqueza muscular e, em alguns casos, paralisia dos músculos respiratórios. Quase todos os Estados do Nordeste registraram aumento de casos da doença em 2015.

‘Terrorismo entre as mães’

“O que temos atualmente é um aumento do aparecimento de manchas vermelhas com bolhas e pequenas feridas em bebês de até dois anos de idade. Para esses casos, estamos investigando, além das causas habituais, uma possível relação com a febre chikungunya e o zika vírus, porque ele causa quadros de manchas vermelhas. Mas ele não causa bolhas, por exemplo”, afirma Rocha.

Na última semana, o hospital recebeu cerca de 20 casos como este.

A médica diz que também recebeu as mesmas mensagens de áudio em “uns cinco ou seis grupos de infectologistas no Whatsapp”, o que evidencia o papel dos próprios médicos na divulgação dos boatos.

“A linguagem desses áudios não é de pessoas da área. A rede social pode ajudar as pessoas, mas muita gente se aproveita disso numa situação que já está bastante estressante para causar mais pânico na população”, afirma.

Depoimento de Luisa Mel: 

"Amigos, fiquei na dúvida em postar isto. Mas acho q tenho obrigação de dividir informaç?es com vcs. Não são oficiais, mas vale a pena o risco? Esperar terem certeza? Confesso que estou angustiada. Ontem em vários grupos de mães q faço parte, chegou um alerta dizendo que não são só as grávidas que tem que estar preocupadas por conta do ZIKA vírus!!! Nossos bebês tb estariam em risco????????! Bebês de até dois anos tb correm risco de ter o desenvolvimento cerebral afetados se forem vítimas do vírus! Ainda não é uma informação oficial, até pq eles não tem certeza!!!! Os médicos ainda não sabem...Mas enquanto não tem as respostas, vamos ignorar o perigo?!? Eu tô desesperada, pelo meu filho, por todos os bebês, por todas as grávidas, por toda uma geração que pode ser afetada! Nosso governo não conseguiu até hj acabar com a dengue, com a leishmaniose...E agora é ainda mais sério! N adiante mandar as mulheres n engravidarem! Exigimos informaç?es, temos que nos unir e salvar nossos bebês!! Grávidas todo meu amor a vcs, sei como ficamos sensíveis neste momento da vida, imagino como deve ser angustiante estar grávida com um surto assustador como este! As mamães a recomendação é passar repelente adequado p bebês, mesmo em casa( converse com seu pediatra)Ao governo exigimos que tomem atitudes responsaveis e eficientes!! Não precisamos de olimpiadas, precisamos controlar um virus que ameaça nosso povo! A população, cada um tem q fazer a sua parte!!!! Tem gente q ainda deixa água paradaaaa!!!!!!! Todos contra o Zika vírus!!!"

FONTE BBC BRASIL


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!