Adolescente grávida é enterrada viva e um dia depois é encontrada pelo seu noivo


.

Neysi Perez, uma jovem de 16 anos que morava em La Estrada, em Honduras, foi protagonista de um verdadeiro pesadelo. Ela, que havia sofrido um infarto, foi dada como morta e foi velada com direito a tudo que acontece em um enterro.

Os parentes, muito emocionados, sem muito acreditar que a menina havia morrido, velaram o corpo dela, normalmente. Mas um dia após este sepultamento, o rapaz que era seu noivo foi até o cemitério para homenageá-la mais uma vez. Foi quando ele ouviu ruídos estranhos vindos de dentro da cripta onde o corpo dela estava.

Ao ouvir tais sons macabros, o rapaz chamou o segurança do cemitério para ver o que estava acontecendo e ele, muito assustado, confirmou: ela realmente ainda se encontrava viva, dentro do caixão.

O caso sinistro, que deixou o mundo inteiro aterrorizado, já aconteceu há um ano, mas até hoje ainda é um #mistériopara a população de Honduras, pois mesmo após a investigação da polícia, pouco se sabe sobre o que aconteceu realmente para que a menina fosse enterrada viva.

Jornais locais e outros britânicos famosos, como o ‘Daily Mail’ e ‘Mirror’, voltaram a publicar detalhes sobre o caso, a fim de tentar descobrir enfim o que aconteceu naquela época, num caso que ficou muito mal explicado.

Segundo as novidades que os jornais hondurenhos conseguiram apurar recentemente, no dia em que o noivo da moça a encontrou viva, coveiros que trabalhavam no cemitério também chegaram a comentar terem ouvido ruídos estranhos vindos da tumba dela.

Ao descobrir que ela ainda estava viva, o noivo ficou desesperado e aos prantos, tentando tirar a moça do caixão de qualquer jeito.


Confira as imagens:

Quando sofreu o infarto, Neysi estava grávida e, segundo a história, ela teria tido o ataque do coração após acordar no meio de um incêndio. No mesmo dia, ela ia se casar com o rapaz, por isso, ainda vestia o seu vestido de noiva quando foi enterrada.

Só depois de muitas horas, com a autorização dos parentes, o rapaz conseguiu abrir o caixão de Neysi, o que dificultou muito o seu salvamento no dia que foi reencontrada ainda com vida. Ao abrir o caixão, o vidro estava rachado, sinal de que a moça havia lutado muito ali dentro tentando sair.

Depois de ter sido levada para o hospital, os médicos tentaram reanimá-la, mas infelizmente, a moça não resistiu e faleceu... pela segunda vez, literalmente. Depois de ser dada como falecida mais uma vez, a jovem foi enterrada na mesma sepultura onde antes estava.

Como conclusão, o noivo informou que ia processar os médicos que haviam dado a moça como morta antes, os que o impediram de retirar a moça do caixão e os que a atenderam depois.

Segundo os médicos que deram a jovem como morta antes, todo ruído que vinha de dentro do caixão teria sido uma atuação e uma farsa montada pelo noivo da moça, tudo teria sido para chamar a atenção de acordo com eles. Mas eles não conseguiram explicar o vidro do caixão quebrado e o corte na mão da jovem, 

Agora, o caso corre na justiça e a dúvida que muitos não sabem explicar é de quem teria sido a culpa: teria sido dos médicos que teriam dado a jovem como morta e que deram a autorização do sepultamento dela ainda viva? Enfim, são mistérios que ainda precisam ser apurados ainda.


Avalie este Artigo?


Mais pra voce!